,

Meu nome é LIVIA SANTOS AMORIM e esta é minha história

I am 36 and I survived Suicide


Sou casada, tenho 2 filhos, 1 rapaz de 20 e uma garota de 15.
Sofri abuso sexual por meu pai na infância e isso acarretou vários problemas e traumas na minha vida, minha primeira tentativa de suicídio foi aos 18 anos, atirei contra mim mesma com a arma de meu pai, mas sobrevivi. Meses depois comecei a consumir cocaína e só parei em março de 2017 depois de 3 internações em clínica de recuperação. As drogas vieram para aliviar as dores da vida, e logo depois de abandonar as drogas eu não tinha mais como me anestesiar então comecei a me automutilar e tentar suicídio. Tentei pular do meu apartamento no17º andar, mas meu marido chegou a tempo e impediu, depois de alguns meses ingeri mais de 300 comprimidos de remédios controlados e fui parar na UTI por 5 dias, fiquei em coma 3 dias e os outros 2 entubada me alimentando por sonda e depois disso fui internada de novo para tratar essa depressão. Ainda sofro muito de depressão e muitas vezes nem consigo identificar o motivo, a tristeza apenas chega e a vontade de morrer me consome, ou então acabo me cortando para aliviar as dores da alma. Por conta do vício em drogas tive experiências muito ruins de estupros e brigas pela tentativa de sobrevivência com a vivência nas ruas e isso também me trouxe muitos traumas e dores. Meus filhos e marido me apoiam e me dão muita força e é a única coisa que ainda me segura viva. Nos últimos meses tenho sido muito feliz também com meu animalzinho de estimação, adotei uma gatinha que é meu anjo da guarda, tem me feito um bem enorme, e ela sempre está perto quando eu estou mal ou tenta não deixar eu me machucar, é incrível. Sou grata a Deus por me manter viva porque eu magoaria demais quem me ama se conseguisse realmente me matar, mas só quem passa por isso entende o que eu passo, é mais forte que eu. Queria que não fosse assim, queria não sentir isso, mas sinto.


If you enjoyed LIVIA SANTOS AMORIM's story, send a bit of encouragement in the comments section below or share this story with others.

One Comment

Leave a Reply
  1. Me desculpe se esta tradução não é o melhor que usei no google. Você é uma pessoa muito forte. Eu lhe envio conforto para tentar ajudá-lo. Quando você está em um lugar ruim, é bom pensar naqueles que você ama como seu marido e filhos. E eu sei o sentimento de estar deprimido e às vezes não conhecendo o motivo. Espero que seu anjo da gatinha / guardião o ajude por muitos anos e o ajude a encontrar mais alegria na vida.

Leave a Reply